Novembro Azul: check-up da próstata é indispensável para saúde do homem

A masculinidade, definitivamente, não está em xeque. A saúde, sim, quando o assunto é check-up prostático. O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. A Campanha Novembro Azul, realizada nesse mês, tem por finalidade conscientizar sobre a importância da prevenção entre o público masculino. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) estimou 65.840 novos casos da doença em 2020, correspondendo a 29,2% dos tumores incidentes em homens.

Em 2019, segundo o Atlas da Mortalidade por Câncer, foram 15.983 vítimas do câncer de próstata. Por outro lado, a detecção precoce do câncer aumenta as chances de tratamento bem-sucedido. A investigação pode ser feita através de exames clínicos, como toque retal e o exame de sangue para avaliar a dosagem do PSA (antígeno prostático específico).


Esses exames de rotina são indicados a partir dos 40 anos para pessoas com histórico familiar de neoplasia prostática e pretas, pois têm maior predisposição; para o restante dos homens, orienta-se começar a investigação entre 45 e 50 anos.


Apesar de assintomático na fase inicial, os homens devem ficar atentos também em casos de dificuldade de urinar, diminuição do jato de urina, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite e sangue na urina. Esses sintomas não correspondem ao câncer de próstata especificamente, mas indicam que algo precisa ser investigado.


O check-up anual se faz ainda mais necessário porque em 95% dos casos, quando os sintomas aparecem, o câncer já está em estado avançado. Porém, quando o tumor é diagnosticado precocemente, ou seja, em estágios iniciais e restrito à próstata, a probabilidade de cura atinge 90% dos casos.


E você, está em dia com os seus exames? Cuide-se!

Você também vai gostar de ler

As 4 doenças intestinais mais comuns

Leia Mais

Hérnia não é tudo igual

Leia Mais

Com bariátrica, até eu emagreço!

Leia Mais